21 de Fevereiro de 2024.

  • ico-capa-01-facebook.png
  • ico-capa-01-twitter.png
  • ico-capa-01-whatsapp.png

Ministérios Quarta-feira, 03 de Maio de 2023, 14:07 - A | A

Quarta-feira, 03 de Maio de 2023, 14h:07 - A | A

POR FAKE NEWS

Flávio Dino “dá pito” em Abílio e afirma que parlamentar como fiel bolsonarista “inventa coisas”

Segundo o ministro, Abílio usou uma fake News ao afirmar que a Polícia Federal investiga para a existência de respiradores fantasmas do Estado do Maranhão

Adriana Assunção/Fatos de Brasília

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, deu uma invertida no deputado federal Abílio Brunini (PL) durante audiência nesta quarta-feira (03.05) na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados.

Segundo o ministro, Abílio usou uma fake News ao afirmar que a Polícia Federal investiga para a existência de respiradores fantasmas do Estado do Maranhão, na gestão do então governador Flávio Dino. Em sua fala, Abílio recomendou que a Comissão de Fiscalização buscasse informação sobre a questão.

“O deputado Abílio - vejo que é um fiel seguidor do ex-presidente Bolsonaro – tanto é que inventa coisas. Nunca houve operação da Polícia Federal sobre respiradores no Maranhão, se o senhor está dizendo que está na internet é prova que tem que votar o projeto das fakes News, porque até o senhor está acreditando em fake News. Aí o senhor tem que votar a favor do projeto. Em relação a esse tema informo que tramita ações judiciais na Justiça da Bahia, o senhor pode ir lá consultar com todo prazer”, afirmou o ministro.

Leia também: Entidades questionam portaria do Detran que alterou serviço de vistoria; criação de tecnologia de inteligência artificial

O projeto de Lei (PL) nº 2630/2020, o chamado PL das Fake News está sob relatoria do deputado Orlando Silva (PCdoB-SP). A regulamentação das redes sociais também é defendida pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Porém, a proposta teve a votação adiada após pedido do relator da proposta e consulta aos líderes partidários

Ontem, Lira criticou a atuação das big techs no debate do Projeto de Lei das Fake News (PL 2630/20), bem como, por manterem link para textos com ataques ao projeto. Na terça, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) instaurou um procedimento preliminar de inquérito contra Google e Meta, dona do Facebook, Instagram e WhatsApp. As plataformas são acusadas de suposto “abuso de posição dominante”, após divulgarem mensagens contrárias ao PL em suas páginas.

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

icon facebook icon twitter icon instagram icon whatsapp

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 02 - JD. IMPERADOR VÁRZEA GRANDE / MT

(65) 3029-5760 | (65) 99957-5760