01 de Março de 2024.

  • ico-capa-01-facebook.png
  • ico-capa-01-twitter.png
  • ico-capa-01-whatsapp.png

Câmara Federal Quarta-feira, 02 de Agosto de 2023, 07:03 - A | A

Quarta-feira, 02 de Agosto de 2023, 07h:03 - A | A

AÇÃO PF

PF deflagra operação faz buscas nas residências e no gabinete de Carla Zambelli e prende hacker

Policiais federais cumprem busca e apreensão em três endereços de Carla Zambelli

Edina Araújo/Fatos de Brasilia

A Polícia Federal deflagrou a Operação 3FA, na manhã desta quarta-feira (02.08), e prendeu o hacker Walter Delgatti Neto, conhecido por ter dado origem à chamada "Vaza Jato" ao invadir telefones de autoridades envolvidas com a operação Lava Jato. Além disso, outro alvo da operação é a deputada federal Carla Zambelli (PL/SP).

Conforme a Polícia Federal, o objetivo da operação é esclarecer a atuação de indivíduos na invasão aos sistemas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e na inserção de documentos e alvarás de soltura falsos no Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP).

A PF cumpre também mandados de busca e apreensão nos endereços de Carla Zambelli, no apartamento em Brasília, no gabinete na Câmara Federal em São Paulo, em sua residência.

Essas medidas fazem parte de um inquérito policial instaurado para apurar a invasão ao sistema do Conselho Nacional de Justiaça (CNJ), que inicialmente tramitou perante a Justiça Federal, mas foi transferido para o Supremo Tribunal Federal devido a indícios de possível envolvimento de pessoa com prerrogativa de foro.

Os crimes investigados ocorreram entre os dias 4 e 6 de janeiro de 2023, quando 11 alvarás de soltura falsos de indivíduos presos por motivos diversos e um mandado de prisão falso contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, foram inseridos no sistema do CNJ, e possivelmente em outros tribunais do Brasil. Essas inserções fraudulentas foram realizadas após uma invasão criminosa aos sistemas em questão, utilizando credenciais falsas adquiridas ilegalmente, o que deu aos criminosos controle remoto sobre os sistemas.

Os fatos investigados configuram, em tese, os crimes de invasão de dispositivo informático e falsidade ideológica. (Com informações da PF).

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

icon facebook icon twitter icon instagram icon whatsapp

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 02 - JD. IMPERADOR VÁRZEA GRANDE / MT

(65) 3029-5760 | (65) 99957-5760