24 de Junho de 2024.

  • ico-capa-01-facebook.png
  • ico-capa-01-twitter.png
  • ico-capa-01-whatsapp.png

Política Sexta-feira, 21 de Abril de 2023, 19:49 - A | A

Sexta-feira, 21 de Abril de 2023, 19h:49 - A | A

Atos golpistas

Clã Bolsonaro será representado por Eduardo na CPMI

Deputado foi escalado após defesa feita por seu pai

Carlos Oliveira

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), foi um dos escolhidos para ocupar uma das três cadeiras que caberão à bancada do partido na Câmara em uma eventual Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Atos Golpistas.

Já existiam dois nomes na lista e caciques do partido apostavam em Nikolas Ferreira (PL-MG) para a terceira vaga, mas Bolsonaro entrou em campo para garantir a escalação de Eduardo, assim a última vaga será preenchida pelo filho 03 por ter experiência parlamentar e para representar a família.

Além de Eduardo, o PL indicará Alexandre Ramagem (PL-RJ), reconhecido por seu conhecimento técnico por ser diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), e André Fernandes (PL-CE), autor do requerimento para a instauração da CPMI.

Caberá a Eduardo bater na tecla de que os valores da família não podem ser confundidos com os dos manifestantes extremistas que invadiram as sedes dos Três Poderes no dia 8 de janeiro.

Ele fará coro com os parlamentares de oposição que irão creditar os atos de vandalismo à suposta conivência dos governistas e citarão a omissão do ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Gonçalves Dias, desligado do posto após a veiculação de imagens que o mostraram dialogando com invasores de sedes do poder.

A CPMI - A expectativa é que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), leia o requerimento da CPMI na próxima quarta-feira (26.04). Ele havia prometido fazer isto nesta semana, mas acatou pedido de líderes e adiou o procedimento

No entanto, a divulgação de imagens mostrando a movimentação de Dias no Palácio do Planalto durante a invasão do prédio fez com que o requerimento para instauração da CPMI ganhasse mais de 26 assinaturas. Com isso, o requerimento agora possui o apoio de 218 deputados e 37 senadores.

Leia Também: CPMI inevitável, Governo busca o controle

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

icon facebook icon twitter icon instagram icon whatsapp

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 02 - JD. IMPERADOR VÁRZEA GRANDE / MT

(65) 3029-5760 | (65) 99957-5760