24 de Junho de 2024.

  • ico-capa-01-facebook.png
  • ico-capa-01-twitter.png
  • ico-capa-01-whatsapp.png

Geral Sábado, 29 de Julho de 2023, 11:36 - A | A

Sábado, 29 de Julho de 2023, 11h:36 - A | A

Críticas

Cacique Raoni acusa Bolsonaro de incitar ódio contra comunidades indígenas

Segundo ele, o ex-presidente defendeu abertamente a destruição das comunidades indígenas e do meio ambiente

Carlos Oliveira/Fatos de Brasília

O cacique Raoni Metuktire acusou o ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro (PL), de promover violência e ódio contra os indígenas durante seu mandato. O líder indígena não escondeu suas críticas, afirmando que Bolsonaro incentivou um comportamento destrutivo tanto para as comunidades indígenas quanto para o meio ambiente.

Raoni, em entrevista ao jornal O Globo publicada neste sábado (29.07), afirmou que as falas e as ações de Bolsonaro durante o mandato foram o combustível que alimentou ódio. Segundo ele, o ex-presidente defendeu abertamente a destruição das comunidades indígenas e do meio ambiente. Para o cacique, isso levou a uma atmosfera tóxica de animosidade e hostilidade entre a população em geral, fomentando uma perigosa mentalidade de "nós contra eles".

“Quando ele [Bolsonaro] chegou ao poder, ele incentivou as pessoas a prejudicar os indígenas e o meio ambiente”, expressou o cacique Raoni durante a entrevista. "Seus discursos não passavam de combustível para o ódio entre as pessoas. Foi tudo o que ele fez durante todo o seu mandato. Não pude deixar de me perguntar, um presidente no poder deveria estar promovendo ações tão divisivas e prejudiciais?" ele continuou, destacando a gravidade do impacto de Bolsonaro nas comunidades indígenas.

Além disso, o cacique acusou ainda Bolsonaro de semear discórdia e conflito intencionalmente nas próprias comunidades indígenas. Ele alegou que o ex-presidente tentou dividi-los fazendo promessas de uma vida mais próspera, colocando diferentes grupos uns contra os outros. Ele disse que assumiu a responsabilidade de evitar tais conflitos internos e garantir a unidade entre os indígenas.

“Tentei evitar conflitos internos entre nossas comunidades. Precisamos nos unir para proteger o que é nosso por direito – nossas famílias, nossas terras e nosso modo de vida”, afirmou o cacique Raoni com veemência. "A retórica de Bolsonaro visava criar divisão entre nós, e eu não podia aceitar isso."

Leia Também: Rei Charles III envia carta ao Cacique Raoni agradecendo sua defesa da Amazônia e dos direitos indígenas

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

icon facebook icon twitter icon instagram icon whatsapp

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 02 - JD. IMPERADOR VÁRZEA GRANDE / MT

(65) 3029-5760 | (65) 99957-5760