21 de Fevereiro de 2024.

  • ico-capa-01-facebook.png
  • ico-capa-01-twitter.png
  • ico-capa-01-whatsapp.png

Política Quinta-feira, 29 de Junho de 2023, 19:57 - A | A

Quinta-feira, 29 de Junho de 2023, 19h:57 - A | A

denúncias

Tacla Duran: Moro pode ser preso "pelo conjunto da obra"

O advogado ressalta ainda o reconhecimento internacional da parcialidade de Moro

Carlos Oliveira/Fatos de Brasília

Durante entrevista ao UOL, nesta quinta-feira (28.06), Tacla Duran denuncia cobranças de "taxas de proteção" envolvendo advogados durante a Operação Lava Jato. Ele afirma que tanto Sergio Moro quanto Deltan Dallagnol foram mencionados como cientes dessas práticas ilegais.

Segundo Duran, os pagamentos giravam em torno de US$ 50 mil por mês, feitos por aproximadamente cinco pessoas ao longo de 5 a 6 anos, com o objetivo de evitar investigações em Curitiba.

O advogado ressalta que Deltan e Moro têm interesse em impedir seu depoimento no Brasil, pois se beneficiam dessa situação, buscando criar obstáculos para sua oitiva.

Tacla acredita que o ex-juiz da Lava Jato pode ser preso "pelo conjunto da obra", destacando que interlocutores agiram em seu nome. Ele defende que se alguém pôde entregar o que foi prometido em termos de "taxas de proteção", isso também afeta a responsabilidade de Sergio Moro, o que demanda uma investigação.

O advogado ressaltou ainda o reconhecimento internacional da parcialidade de Moro, mencionando que a decisão da Interpol, isenta de fatores políticos, evidencia a perseguição que sofreu e a falta de imparcialidade por parte do ex-juiz.

Leia Também: 51% consideram gestão de Lula melhor do que a de Bolsonaro, diz pesquisa

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

icon facebook icon twitter icon instagram icon whatsapp

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 02 - JD. IMPERADOR VÁRZEA GRANDE / MT

(65) 3029-5760 | (65) 99957-5760