24 de Fevereiro de 2024.

  • ico-capa-01-facebook.png
  • ico-capa-01-twitter.png
  • ico-capa-01-whatsapp.png

Política Quinta-feira, 20 de Julho de 2023, 18:33 - A | A

Quinta-feira, 20 de Julho de 2023, 18h:33 - A | A

homofobia

Após bate-boca no Twitter, Eduardo Leite denuncia Jean Wyllys no MP

O governo do Rio Grande do Sul reforçou que o preconceito e a discriminação não devem ser tolerados em qualquer circunstância

Carlos Oliveira/Fatos de Brasília

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), apresentou uma denúncia contra o ex-deputado federal Jean Wyllys no Ministério Público (MP) por declarações consideradas homofóbicas. A denúncia foi feita por causa de um bate-boca entre os dois no Twitter. Leite fez o anúncio da representação através de sua conta oficial na rede social, na quarta-feira (19.07).

O embate começou quando Jean Wyllys criticou a decisão de Eduardo Leite de manter o programa de escolas cívico-militares no Rio Grande do Sul, mesmo após uma decisão contrária do governo federal.

Leia aqui: Jean Wyllys e Eduardo Leite batem boca sobre escola cívico-militar

O ex-deputado escreveu que esperava esse posicionamento de governadores heterossexuais de direita e extrema-direita, mas que um governador gay tomar essa decisão era surpreendente. Ele ainda sugeriu que "gays com homofobia internalizada em geral desenvolvem libido e fetiches em relação ao autoritarismo e aos uniformes".

Em resposta, o governador Eduardo Leite considerou a declaração de Jean Wyllys como "deprimente e cheia de preconceitos em incontáveis direções", acrescentando que tais comentários não contribuem para a construção de uma sociedade mais respeitosa e tolerante.

Em um vídeo divulgado em suas redes sociais, Leite justificou sua denúncia, afirmando que não pode permitir que sua orientação sexual seja associada a decisões políticas e que é fundamental combater qualquer tipo de homofobia, preconceito e discriminação na sociedade.

O governo do Rio Grande do Sul, por meio do governador Eduardo Leite, reforçou que a denúncia não se trata de uma questão de ideologia política, mas sim da luta contra a homofobia, o preconceito e a discriminação, que não devem ser tolerados em qualquer circunstância.

 

 

Siga a página do VGNotícias no Facebook e fique atualizado sobre as notícias em primeira mão (CLIQUE AQUI).

Entre no grupo do VGNotícias no WhatsApp e receba notícias em tempo real (CLIQUE AQUI).   

Comente esta notícia

icon facebook icon twitter icon instagram icon whatsapp

RUA CARLOS CASTILHO, Nº 50 - SALA 02 - JD. IMPERADOR VÁRZEA GRANDE / MT

(65) 3029-5760 | (65) 99957-5760